mortalidade

Passa.

Tudo.

Amor.
Saúde.
Alegria.
Dor.

Sabemos:
passa.

Ciclos se fecham.
Pessoas se vão.
Idéias morrem.
Até lugares,
paisagens,
mudam.

Por que, então,
chorar a perda,
se inevitável é
mudança?

Por que
ausência traz
tristeza,
vazio,
desamparo?

Os que amamos,
mesmo sem profundidade,
quando partem,
nos reduzem,
nos recordam a mortalidade
e nos quebram
corações.

2 comentários em “mortalidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s