imersa

Saltou do ônibus dois pontos antes de chegar em casa porque queria ver, de perto, o mar. Cansou-se de ficar presa no trânsito em direção ao previsível roteiro, somente como espectadora do movimento das ondas. Então desceu, tirou a sandália e caminhou até a arrebentação, deixando a água tocar a barra de sua calça. Queria […]

Castelos de Areia

Sobre as areias dos dias constrói-se a casa, com portas e janelas abertas para o sol.  Pintam-se as paredes com as cores claras dos planos futuros e das histórias vividas.  Com alegria, finaliza-se o trabalho, abrindo-se, com as próprias mãos, uma estrada larga em frente ao cenário construído. Esquece-se da força do mar, cuja presença pode ser […]